4 dicas para você começar a importar

Importar produtos de mercados estrangeiros é muito vantajoso, pois estes possuem boas ofertas e qualidade, o que possibilita o crescimento constante da competitividade. Entretanto, os fornecedores do exterior têm características próprias e, por isso, é preciso atenção na hora de adquirir produtos deste mercado. Pensando nisso, preparei quatro dicas para te ajudar a começar a importar. Confira!

                                                                                                                                               

 

Opte pela Importação Simplificada 

Antes de começar é preciso fazer a habilitação Radar/Siscomex. Essa pode parecer uma tarefa complicada, mas existe uma modalidade gratuita chamada “Importação Simplificada”, que permite que mesmo uma pessoa física possa comprar de um fornecedor estrangeiro sem precisar passar por terceiros.

Tenha a ajuda de uma empresa especializada em comércio exterior de confiança

Após o cadastro, é preciso buscar um despachante aduaneiro de confiança, pois, além de ser o responsável por liberar suas mercadorias no porto ou aeroporto, ele irá te auxiliar no cálculo dos impostos. A contratação desse profissional é importante pois ele poderá ajudar a reduzir os custos e a burocracia na hora de importar. Recomendamos neste caso a ajuda de uma empresa especializada em comércio exterior.

Conheça as exigências do governo brasileiro 

Outra vantagem de possuir parceria com um despachante aduaneiro é o conhecimento minucioso das transações internacionais. Com esse aliado, será possível saber quais os produtos precisam de certificações que atendam às normas brasileiras e assim evitar surpresas e custos extras durante a importação.

Antes de fechar o negócio, confira a reputação do fornecedor

Quais são as condições da fábrica? Ela consegue produzir o que está no contrato? Ela está documentação em dia? Antes de começar a negociação e fechar o negócio, procure os órgãos responsáveis no país de origem do fornecedor e faça essas pesquisas.

Em suma, para trilhar um caminho de sucesso durante a importação é preciso atenção aos detalhes e, se possível, contar com um parceiro para te ajudar em todos os detalhes. Tem alguma dúvida? Escreva nos comentários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *