É possível separar a vida pessoal da vida profissional?

Maíra Ataíde

Olá Mulheres!
Empreendedora ou não, certamente você já deve ter se deparado com este questionamento no mínimo desafiador. Afinal somos convidadas quase todo instante a nos posicionar de forma divisível nas esferas da vida onde diariamente transitamos.
Para auxiliar no entendimento e resposta para a pergunta que intitula este texto, apropriarei do estudo etimológico da palavra indivíduo, que colabora poderosamente em nossa reflexão sobre esta temática.
Do Latim, indivíduo deriva de Individuus e caracteriza-se por aquilo não pode ser dividido. Logo, o indivíduo consiste em um ser individual, conhecido pela sua existência única e indivisível.
Para surpresa de algumas, não é possível separar a vida pessoal da vida profissional.
O que é perfeitamente possível e devido dentro de nossa realidade é equilibrar os contextos, para que assim tenhamos indivíduos harmonicamente sintonizados em suas demandas.
Vale lembrar que não temos uma receita de bolo que informe quais são os ingredientes e qual a quantidade destes para que se tenha um efetivo equilíbrio dos contextos em que nos encontramos inseridos, contudo arrisco algumas dicas a se pensar quando pretender alinhar aspectos da vida pessoal e profissional:
• Autoconhecimento; esta competência possibilita conhecer-nos melhor, percebendo-nos de forma realista tal como somos, mesmo em nossos piores momentos. Assim realizando, identifica-se maior propensão ao autocontrole, característica tão benéfica e de tamanha importância em nossas vidas.
• Definição de prioridades; tendo em vista que proporciona ganho de tempo e visão clara de foco, o que automaticamente abre caminhos para a saúde física e emocional.
• Boa comunicação; a clareza e objetividade da comunicação gera fluxos anti-stress, pois eliminam barreiras, tornando palpáveis projetos pessoais e profissionais.
• Domínio de sua rotina; em todos os âmbitos de sua vida tenha metas claras, acredite nelas e não se esqueça de focar diariamente em seus valores, respeitando-os e gerando conexões que façam sentido para sua vida.
• Bom senso; para você, para o próximo, para cada minuto da vida, pois esta pequena palavra, abarca sentidos grandiosos e consequências tão positivas capazes de colaborar significativamente em favor de sua saúde e bem-estar e dos demais à sua volta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *